Formosa do Sul - Ações contra o Aedes Aegypti serão intensificadas

De acordo com a fiscal de vigilância sanitária de Formosa do Sul, Crislei Borsoi, o objetivo desse planejamento é de alertar constantemente a população quanto aos riscos das doenças transmitidas pelo mosquito e sobre a responsabilidade que todos têm na eliminação dos criadouros do Aedes Aegypti.

Em 18/02/2020 21:27

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Formosa do Sul - Ações contra o Aedes Aegypti serão intensificadas

Neste mês de fevereiro a Sala de Situação da Dengue, juntamente com o Setor de Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Formosa do Sul, reuniram-se para o planejamento das ações e mobilizações de 2020 contra o mosquito Aedes Aegypti. Neste ano, o objetivo é de realizar diversas ações além das já planejadas pela Vigilância Epidemiológica Estadual.

De acordo com a fiscal de vigilância sanitária de Formosa do Sul, Crislei Borsoi, o objetivo desse planejamento é de alertar constantemente a população quanto aos riscos das doenças transmitidas pelo mosquito e sobre a responsabilidade que todos têm na eliminação dos criadouros do Aedes Aegypti.

A preocupação surgiu a partir de um balanço realizado pela Vigilância Sanitária do município que aponta altos registros de focos no município. De acordo com o balanço, no período de primeiro de janeiro a 18 de fevereiro, foram encontrados 13 focos do mosquito no município. Crislei afirma que diante desse cenário Formosa do Sul é considerado um município infestado e ressalta a importância da colaboração da população. “O trabalho da Vigilância Sanitária é irrelevante se a população não colaborar. Precisamos que todos tenham a consciência de que cada um fazendo sua parte estaremos mantendo o mosquito e as doenças longe de nossas famílias”, ressalta.

 Coleta de Garrafas

A primeira ação a ser realizada será um mutirão para coleta de garrafas de vidro não retornáveis. A coleta será realizada no dia 24 de fevereiro e as garrafas devem ser depositadas no estacionamento do CRAS. O objetivo da coleta é de dar destino correto a este material e eliminar criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Uma próxima atividade já está sendo organizada e acontecerá no dia 26 de março envolvendo os alunos da Rede Municipal e Estadual de Ensino e o Grupo de Idosos Formosense.

Texto e Fotografia: Ana Cláudia Tasca

Publicidade


Tags da postagem

local Saúde Formosa do Sul 18 De Fevereiro De 2020 aedes