Mãe se tranca com os filhos dentro de casa e ateia fogo no imóvel

Segundo o registro de ocorrência da PM, havia quatro pessoas dentro da casa: uma mulher e três crianças.

Em 14/10/2019 18:47
Atualizado em 14/10/2019 18:55

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Mãe se tranca com os filhos dentro de casa e ateia fogo no imóvel

Três crianças conseguiram escapar de um incêndio na cidade de Guatambu, na madrugada deste domingo (13). A suspeita inicial é de que a mãe ateou fogo enquanto estava com os filhos na residência. De acordo com a Polícia Militar, um deles conseguiu quebrar uma das janelas da casa e ajudou os irmãos a fugirem do local. O caso ainda será investigado.

Por volta de 3h da madrugada, um homem foi até uma base da Polícia Militar de Guatambu para avisar do incêndio e que haviam pessoas dentro da casa. A polícia acionou os Bombeiros Militares via rádio, que se dirigiram até o local.

Segundo o registro de ocorrência da PM, havia quatro pessoas dentro da casa: uma mulher e três crianças. Todos conseguiram escapar e não tiveram ferimentos graves, mas ficaram intoxicados pela fumaça. As crianças foram conduzidas ao hospital para atendimento, informaram os socorristas.

No local, os policiais constataram que a mãe era suspeita de colocar fogo na casa. Uma das crianças disse à PM que eles teriam sido proibidos por ela de deixar a residência. Um dos filhos conseguiu então quebrar uma das janelas e todos conseguiram escapar a tempo das chamas.

A mulher foi levada para a delegacia de Polícia Civil de Chapecó, que atende os casos de Guatambu durante os plantões de fim de semana. Segundo a Polícia Civil, a suspeita foi presa em flagrante e encaminhada ainda na manhã deste domingo para o presídio de Chapecó.

O caso, no entanto, será investigado a partir desta segunda-feira (14) pela polícia de Guatambu. A mulher também deve passar por audiência de custódia na Justiça.

O pai das crianças foi chamado por vizinhos até o local do incêndio ainda de madrugada e, segundo a Polícia Civil, ficou com as crianças após a mãe ser presa.

Informações G1 SC – foto PM

Acidentou-se? Solicite o Seguro DPVAT

A proteção é assegurada por um período de até 3 anos dentro das três coberturas previstas em lei:

  • morte, com indenização de R$ 13.500;
  • invalidez permanente, com indenização de até R$ 13.500, sendo o valor estabelecido de acordo com o local e intensidade da sequela;
  • e reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS), com valor que pode chegar a R$ 2.700.

Tags da postagem

Fogo ateia