Dia do Gaúcho é celebrado com sucesso em Santiago do Sul

Conforme o Secretário de Educação Juliano Somavilla, o Estado de Santa Catarina possui muitos sul-rio-grandense espalhados pelas cidades, e aqui em Santiago não é diferente.

Em 16/09/2019 19:30

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Dia do Gaúcho é celebrado com sucesso em Santiago do Sul

O Dia do Gaúcho foi celebrado no último sábado 14 com apresentações tradicionalistas no município. Para homenagear a data, integrantes da invernada artística do CTG Estância do Rincão de Quilombo, e as idosas integrantes do Grupo Arty Dance, realizaram apresentação com danças.     

Momento emocionante foi a oração da Ave Maria, que teve a imagem de Nossa Senhora Aparecida conduzida pelas idosas e com uma breve reflexão do Professor e tradicionalista, Joelsom Moreira. Além de mateada, foi oferecido aos participantes provas da vaca parada e touro mecânico.

A população compareceu em grande número para as comemorações. Conforme o Secretário de Educação Juliano Somavilla, o Estado de Santa Catarina possui muitos sul-rio-grandense espalhados pelas cidades, e aqui em Santiago não é diferente. Por este motivo, comemoramos a data com um importante ato, que representa essa tão rica cultura brasileira, relata Somavilla.

O Prefeito Julcimar Lorenzetti ressaltou que Santiago do Sul sempre teve grande representatividade na tradição gaúcha e fez menção ao grande tradicionalista José Tadeu Toazza (Zeca), falecido recentemente e que fez o município ser reconhecido nacionalmente, através do Rodeio Crioulo Nacional da Fazenda Dona Rosa, pela sua grandiosidade. Lorenzetti, enalteceu o empenho dos envolvidos na organização do evento.

Ainda prestigiando o evento, esteve o Vice- prefeito Vanildo Valcarengui, o Presidente da Câmara de Vereadores Nilson Simon e demais vereadores, além do Prefeito de Quilombo Silvano De Pariz.

O Dia do Gaúcho comemorado no dia 20 de Setembro, simboliza o início da Revolução Farroupilha ou Guerra dos Farrapos que foi iniciada devido à indignação da população que morava no Rio Grande do Sul em relação aos altos impostos cobrados em inúmeros produtos fabricados, principalmente o charque. Foram 10 anos de luta e é considerada a maior rebelião armada do continente americano.

Fonte|Foto:Ascom

publicidade