Análise de solo: Importância e benefícios para a produção de grãos

De acordo com o engenheiro agrônomo, é a partir da análise que o produtor rural vai saber, por exemplo, o PH do solo, adubação química, matéria orgânica, nitrogênio, fósforo e potássio. “É preciso avaliar esses índices, pois são nutrientes que tem relação direta com a produtividade e influencia no resultado da safra”, disse ele lembrando que agora, após a colheita, é a época correta para coletar as amostrar para a análise.

Em 28/06/2019 20:21

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Análise de solo: Importância e benefícios para a produção de grãos

Apesar de muita produção de grãos ainda estar no campo, alguns empresários rurais começam a planejar a safra 2019/2020. Embora neste momento a atenção se volte para a escolha de híbridos e período de plantio, o engenheiro agrônomo da Cooperativa Agropecuária São Lourenço (Caslo), Mateus Alberto Griss, afirma que a preparação do terreno, a partir da análise de solo, merece atenção. “A análise do solo é uma ferramenta importe, pois, quando bem realizada, possibilita decisões assertivas quanto às técnicas de manejo”, defende.

De acordo com o engenheiro agrônomo, é a partir da análise que o produtor rural vai saber, por exemplo, o PH do solo, adubação química, matéria orgânica, nitrogênio, fósforo e potássio. “É preciso avaliar esses índices, pois são nutrientes que tem relação direta com a produtividade e influencia no resultado da safra”, disse ele lembrando que agora, após a colheita, é a época correta para coletar as amostrar para a análise.

Além de permitir a interpretação da fertilidade e o estado nutricional do solo, a análise é um dos requisitos para o produtor participar, por exemplo, do troca troca de calcário do governo federal e financiar a lavoura junto as instituições financeiras.

Correções

Conforme o engenheiro agrônomo, se a análise for feita cedo, o produtor pode aproveitar o plantio e o manejo da pastagem de inverno ou do trig para fazer as correções necessárias. “É um período estratégico, pois é possível aproveitar o manejo das cultivares, sem gerar mais trabalho”, orienta.

Questionado, Griss adianta que os resultados não serão percebidos de uma safra para a outra, porém, garante que são significativos em médio e longo prazo. “A correção de fósforo e potássio garante resultados imediatos. No caso do uso de calcário, é preciso aguardar duas ou três safras. Mas o resultado vem”, garante o agrônomo. Por isso, ele recomenda que a análise de solo seja feita todos os anos, no fim de cada safra. “Assim, o produtor sabe de que forma deve proceder no próximo plantio”, resume. 

Assessoria

Hoje, de acordo com o Engenheiro Agrônomo, a Caslo oferece gratuitamente o serviço de coleta do solo para as análises. O custo é apenas o cobrado pelo laboratório. Num prazo de dez dias o produtor tem os dados na mão. Interessados podem procurar a equipe técnica nas filiais ou na matriz.

Fonte|Foto:ASCOM

Se liga nessa:

Anuncie aqui!


Tags da postagem

produção de grãos Geral analise de solo Quilombo SC São Lourenço do Oeste/SC 28 de junho de 2019 Natureza e Ar Livre Consumo Consciente Aproveitamento de Bens Materiais