Celesc vai beneficiar 29 mil famílias com novas edições dos Projetos de Eficiência Energética

A partir da próxima segunda-feira, 14, estarão disponíveis para venda 10 mil refrigeradores, 2 mil freezers, 4 mil condicionadores de ar e 90 mil lâmpadas LED nas 43 lojas físicas da rede Colombo, em todo o estado, ou pela televenda, com chamada gratuita: 0800-642-4242.

Em 13/10/2019 09:45
Atualizado em 13/10/2019 09:53

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Celesc vai beneficiar 29 mil famílias com novas edições dos Projetos de Eficiência Energética

A Celesc lançou a ultima quinta-feira, 10, a 6ª edição do Projeto Bônus Eficiente - Linha Eletrodomésticos e a 3ª do Projeto Sou Legal Tô Ligado que, juntos, somam investimentos de R$ 41,1 milhões e vão beneficiar 29 mil famílias em várias regiões na área de concessão da Empresa. O lançamento aconteceu na Administração Central, em Florianópolis, com a presença do presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins.

“A importância desse projeto é conscientizar o consumidor e seus filhos sobre a importância de economizar energia e preservar o meio ambiente. Ao facilitar o acesso dos consumidores catarinenses na compra de eletrodomésticos novos e mais eficientes, estamos auxiliando nesse processo”, destacou o presidente. 

Na sua sexta edição, o Bônus Eficiente consiste em conceder um desconto de 50% para o consumidor que pretende substituir seus eletrodomésticos antigos e ineficientes por novos e com Selo Procel de economia de energia, além da substituição gratuita de lâmpadas incandescentes e fluorescentes compactas por LED mais econômicas e duráveis. O investimento por parte da Celesc para essa modalidade chega a R$ 23,3 milhões. A partir da próxima segunda-feira, 14,  estarão disponíveis para venda 10 mil refrigeradores, 2 mil freezers, 4 mil condicionadores de ar e 90 mil lâmpadas LED nas 43 lojas físicas da rede Colombo, em todo o estado, ou pela televenda, com chamada gratuita: 0800-642-4242. Para essa edição, o consumidor conta também com o APP Bônus Eficiente, disponível para Android e iOS, onde será possível consultar os produtos, as lojas mais próximas, atualizar o cadastro e verificar se há alguma pendência.

O coordenador do projeto, Mário Cesar Machado Junior, explica que o objetivo do programa é promover o uso consciente de energia elétrica e facilitar o acesso dos consumidores catarinenses a eletrodomésticos novos, com Selo Procel e a lâmpadas LED, mais econômicas e duráveis. 

Já a terceira edição do Projeto Sou Legal Tô Ligado tem um viés voltado a famílias de baixa renda. O projeto substitui gratuitamente chuveiros elétricos por chuveiros com sistemas de trocadores de calor, refrigeradores antigos por mais eficientes e lâmpadas incandescentes por lâmpadas  LED. Serão aproximadamente 13 mil famílias, selecionadas após avaliação de viabilidade técnica e econômica em 40 municípios espalhados por todas as regiões da área de concessão da Celesc. As famílias devem estar adimplentes (em dia) com a distribuidora.

O projeto vai disponibilizar 11 mil sistemas de trocador de calor com chuveiros elétricos eficientes, 2,5 mil refrigeradores com Selo Procel e 44 mil lâmpadas LED.

Bônus Eficiente

Para participar, as regras permanecem as mesmas:

Ser consumidor residencial da Celesc Distribuição;

Estar adimplente (em dia) com a Celesc Distribuição;

Levar documentos pessoais e uma fatura de energia;

Possuir um eletrodoméstico similar ao desejado, em funcionamento, com mais de cinco anos de uso e sem o Selo Procel;

Entregar cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes compactas para troca gratuita por cinco lâmpadas LED. Essa troca será realizada na entrega do eletrodoméstico na residência do consumidor;

Ler e assinar o Termo de Adesão no ato da compra;

Fazer uma doação no valor de R$ 50 no ato da compra. A expectativa é de que sejam arrecadados R$ 800 mil, que serão destinados para entidades sociais.

Histórico – De acordo com Mário Cesar, nas cinco edições realizadas foram substituídos 96.640 eletrodomésticos e 577.315 lâmpadas, em 189.746 unidades consumidoras, beneficiando mais de 600 mil catarinenses. Ao todo foram investidos R$ 87,8 milhões e arrecadados R$ 4,5 milhões para diversas instituições filantrópicas. O programa gerou economia equivalente a 67.359,11 MWh/ano, durante os 10 anos de vida útil dos eletrodomésticos. “É energia suficiente para abastecer 272.083 residências durante um ano, ou por exemplo, o equivalente ao consumo do município de Itajaí”.

Veja abaixo os detalhes das quatro edições anteriores:

 BE I BE II BE III BE IV BE V
Ano de execução 2013 2014/2015 2016 2017/2018 2019
Valor investido (R$) 21.132.139,00 26.324.296,04 18.150.817,78 10.893.655,85 11.352.224,88
Bônus 50 % 30%, 40% e 50% 50% 50% 50%
Unidades Consumidoras Beneficiadas 35.000 54.052 15.000 13.552 12.142
Municípios atendidos 231 255 244 238  
Geladeiras 20.660 26.993 8.125 4.725 4.505
Freezers 2.213 6.888 3.125 1875 2.292
Ar Condicionado 6.244 - 3.750 2.500 2.745
Lâmpadas 175.000 238.105 45.000 58.500 60.710
Energia Economizada (MWh/ano) 21.784,46
~90.553 resid.
26.944,56
~112.003 resid.
11.383.05
~47.317 resid.
3.555,79
~14.808 resid.
3.691,25
~14.910
Redução de Demanda na Ponta (kW) 6.966,11 12.984,24 3.645,87 825,84 865,72
Doações (R$) 1.300.000,00 1.670.740,00 750.000,00 330.000,00 477.100,00

Os resultados significativos do “Bônus Eficiente” renderam à Celesc, em 2015, a premiação como melhor projeto de eficiência energética do Brasil, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, durante Seminário de Eficiência Energética do Setor Elétrico, realizado na Costa do Sauípe, Bahia.

Rede de ajuda

Sucesso de adesão desde o seu lançamento, em 2013, o programa, por meio da contrapartida dos consumidores, vem ajudando diversas instituições do estado com a doação de aproximadamente R$ 4,5 milhões arrecadados a um total de 30 entidades sociais. Na última edição, três cheques no valor de R$ 155 mil cada foram entregues à Associação Catarinense de Autismo (Balneário Camboriú), ao Asilo são Vicente de Paulo (Criciúma) e à Associação de Síndrome de Down (Joinville).

“Além da conscientização sobre o uso correto da energia elétrica, o projeto tem uma parte social importante, já que beneficia entidades sociais de todo o estado.”, explicou Cleicio.

Sou Legal, Tô Ligado

Como funciona o trocador de calor?

O funcionamento é simples. Em vez de a água da caixa ou da rede de distribuição ir diretamente para o chuveiro, ela segue por uma mangueira e chega a uma plataforma de plástico instalada no chão do banheiro. Acoplada a essa plataforma existe um trocador de calor feito de alumínio que recupera o calor da água quente do banho e aquece, indiretamente, a água limpa no interior do trocador. A vantagem desse equipamento é que a água chega ao chuveiro já pré-aquecida, com um ganho de 10 a 15ºC. Com isso, o chuveiro precisa de menos potência para aquecer a água. Nesse projeto, além da instalação do trocador de calor, é feita a troca do chuveiro tradicional, com potências que podem chegar a 7.000 W, por um chuveiro de potência reduzida (3.600 W). Assim, a economia de energia no banho pode chegar a 50%.

Foto\Foto: Por Rafael Vieira de Araujo (Comunicaz a serviço da Celesc) 

....Saiba Mais


Tags da postagem

bônus eficiente 2019 Celesc energia desconto santa catarina 13 de outubro de 2018 lojas colombo