Tribunal do Júri condena autor de assassinato da jovem Indianara a mais de 18 anos de prisão

A jovem foi assassinada a golpes de faca ao desembarcar de um coletivo ao chegar em Xanxerê para uma noite de aula em uma escola técnica em março de 2018.

Em 28/02/2019 07:08

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Tribunal do Júri condena autor de assassinato da jovem Indianara a mais de 18 anos de prisão

O Tribunal do Júri da comarca de Xanxerê esteve reunido nesta quarta-feira (27), para realizar o julgamento de Nain Dewites de 33 anos. Ele foi levado ao banco dos réus pela morte de sua ex-companheira Indianara Aparecida de Moura de 22 anos.

O crime chocou a comunidade xanxerense e regional, após a jovem ter sido assassinada a golpes de faca ao desembarcar de um coletivo ao chegar em Xanxerê para uma noite de aula em uma escola técnica em março de 2018.

Na época dos fatos, a jovem chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao hospital porém não resistiu e foi a óbito. Nain fugiu da cena do crime, porém foi localizado e preso no dia seguinte em uma propriedade na comunidade da Linha Salete, interior de Anchieta, onde confessou a autoria do crime.

Após mais de oito horas de julgamento Nain foi sentenciado ao cumprimento de 18 anos e 08 meses em regime fechado, por homicídio triplamente qualificado, com os agravantes de feminicídio, motivo torpe e sem oferecer chance de defesa para a vítima.

Fonte: Ronda Policial.


Tags da postagem

assassinato golpes de faca Geral Xanxerê 27 de fevereiro de 2019 Preservação Pessoal condenado Tribunal do júri