Polícia civil apreende cerca de 40 kg de maconha em Chapecó

De acordo com a Polícia Civil, foram três meses de investigação que levaram à prisão de um grande traficante chapecoense e outras duas pessoas, além da apreensão e um adolescente que era utilizado como “mula” do tráfico no momento da abordagem.

Em 02/05/2018 18:45

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Polícia civil apreende cerca de 40 kg de maconha em Chapecó

A Polícia Civil, após investigação realizada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, deflagrou na manhã desta quarta-feira (2) a Operação “Dragão de Komodo”, que resultou na apreensão de droga e na prisão de três pessoas.

De acordo com a Polícia Civil, foram três meses de investigação que levaram à prisão de um grande traficante chapecoense e outras duas pessoas, além da apreensão e um adolescente que era utilizado como “mula” do tráfico no momento da abordagem.

Ainda de acordo com a polícia, a equipe de investigação aponta que somente em 2018 a organização criminosa foi responsável pelo transporte de grandes carreamentos de drogas na região de Foz do Iguaçu (PR) para Chapecó (SC), mensalmente.

INVESTIGAÇÃO

Em março deste ano, através de informações obtidas pela DIC de Chapecó, levaram à apreensão de um Fiat/Uno recheado com mais de 30 kg de maconha na região de Céu Azul (PR). No mês de abril, outro veículo Uno foi apreendido carregado com 110 tabletes de maconha foi apreendido em Santa Terezinha do Itaipu (PR). Conforme a Polícia Civil, ambas as cargas pertenciam ao mesmo grupo de criminoso, alvo da operação nesta quarta-feira.  “A droga apreendida seguramente se destinava à cidade de Chapecó. Quatro indivíduos foram presos durante essas ocasiões”, disse a polícia.

OPERAÇÃO

Na madrugada desta quarta-feira, o SaerFron auxiliou as equipes da Polícia Civil na operação que resultou na prisão do chefe do esquema criminoso, além de seus colaboradores, bem como à apreensão da droga e o veículo utilizado para o transporte.

A Polícia Civil informou que foram localizados 83 tabletes de maconha escondidos no automóvel GM/Vectra. Conforme a polícia, a droga foi pesada e totalizou quase 40 kg.

“Possível que mais droga seja encontrada após a remoção mecânica de peças que permitem acesso a outros compartimentos do veículo”, explicou. “A droga foi extraída de praticamente todas as partes do automóvel, que foram previamente preparados para o tráfico, destacando-se a parte frontal e os forros das portas e bagageiro”, disse a polícia.

APREENSÃO TOTAL

A investigação realizada pela DIC leva o nome de “Dragão de Komodo” em referência ao grande poder destrutivo do réptil de Komodo, que é capaz de matar uma presa com uma única mordida em virtude de bactérias e veneno alojados em sua boca.

A ação resultou em três grandes apreensões, que totalizaram 120 kg de maconha pertencentes à mesma organização criminosa. Além da prisão de ao menos sete integrantes do grupo, inclusive o chefe, segundo a Polícia Civil.

FONTE|FOTO; CLICRDC


Tags da postagem

apreensão de drogas Chapecó 02 de maio de 2018 Aproveitamento de Bens Materiais Dragão de Komodo