Coronavírus: oitos pessoas estão sobre cuidados em Quilombo

“Essas pessoas apresentam sintomas de gripe e não temos o kit de exames para saber se é ou não coronavírus. Então equipe médica receitou medicamentos e essas pessoas estão em isolamento, em casa. Continuamos as monitorando”, explica Nédio.

Em 21/03/2020 14:47

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Coronavírus: oitos pessoas estão sobre cuidados em Quilombo

Oito moradores do município de Quilombo estão sendo monitorados com cuidados em relação ao Covid-19 (coronavírus).
Conforme o secretário municipal de Saúde, Nédio Luiz Conci, como os sintomas são parecidos com o da gripe e não tendo a possibilidade de diagnóstico em relação ao Covid-19 (coronavírus), eles estão sendo monitorados, em isolamento domiciliar.

“Essas pessoas apresentam sintomas de gripe e não temos o kit de exames para saber se é ou não coronavírus. Então equipe médica receitou medicamentos e essas pessoas estão em isolamento, em casa. Continuamos as monitorando”, explica Nédio.

O atendimento é realizado conforme protocolo do Ministério da Saúde, que declarou nesta sexta-feira (20), o reconhecimento da transmissão comunitária do coronavírus em todo o território nacional. Isso significa que todo o Brasil deve se unir contra o vírus.
Nédio reforça os cuidados que a população deve ter. “São atitudes simples de higienização das mãos, com água e sabão, mas que previnem e evitam algo maior”. Também reforça o pedido para as pessoas ficar em casa. “Ficando em quarentena a transmissão não ocorre. O vírus é assintomático.”

O coronavírus pode causar infecções respiratórias desde um simples resfriado até uma pneumonia severa. Isto vai depender de vários fatores como idade e imunidade. É de fácil transmissão e pode se disseminar com contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, tosse, espirro, contato com secreções respiratórias e qualquer pessoa que se aproxime um metro de uma pessoa infectada corre o risco de ser contaminada com a infecção.

Fonte:Assessoria de Imprensa Foto:Pixabay

Notícias no seu WhatssApp

Clique e receba!

Smartphone, Notebook, Meios De Comunicação Sociais

Publicidade