Coronavírus: CAIXA reduz taxas de juros e possibilita pausa no pagamento de dívidas

Confira os detalhes dessas medidas.

Em 25/03/2020 09:30

Notícia por Agência de Notícias Qbo Mais

Coronavírus: CAIXA reduz taxas de juros e possibilita pausa no pagamento de dívidas

A CAIXA anunciou, na quinta-feira (19), novas medidas de apoio à economia do país, com o objetivo de reduzir os impactos frente ao cenário de queda no índice de produtividade e diminuição da atividade econômica causados pelas ações de contenção e temor à propagação do vírus COVID-19. Concomitante à queda da Selic (taxa básica de juros), o banco reduz novamente as taxas de juros de linhas de crédito e oferece pausa por até 60 dias para contratos de pessoa física e jurídica, inclusive contratos habitacionais.

Ações para Pessoas Físicas:

Possibilidade de pausa de até 60 dias nas operações parceladas de crédito pessoal;

Ampliação das linhas de crédito consignado, incluindo as linhas para aposentados e pensionistas do INSS com as melhores taxas do mercado

Redução de taxa de juros nas linhas de crédito pessoal (crédito consignado a partir de 0,99% a.m., penhor a partir de 1,99% a.m. e CDC a partir de 2,17% a.m.;

Disponibilização gratuita do cartão virtual de débito Caixa aos mais de 100 milhões de correntistas e poupadores, que possibilita compras online nos sites de e-commerce de forma prática e segura. O cliente pode habilitar o uso do cartão diretamente no Internet Banking CAIXA;

Renovação do contrato de penhor diretamente no site da CAIXA e canal Telesserviço, evitando a necessidade de o cliente comparecer à uma agência bancária;

Ações para Empresas:

A Caixa dará apoio às micro e pequenas empresas, com redução de juros de até 45% nas linhas de capital de giro, com taxas a partir de 0,57% a.m.;

Disponibilização de carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação;

Disponibilização de linhas de crédito especiais, com até seis meses de carência, para empresas que atuam nos setores de comércio e prestação de serviços, mais afetadas pelo momento atual;

Linhas de aquisição de máquinas e equipamentos, com taxas reduzidas e até 60 meses para pagamento;

Habitação:

Para contratos habitacionais de pessoa física, os clientes poderão solicitar a pausa estendida de até duas prestações pelo APP Habitação CAIXA, sem a  necessidade de comparecimento às agências;

Empresas poderão solicitar pausa estendida de até duas prestações em seus contratos habitacionais;

Caixa Hospitais: 

Liberação de R$ 3 bilhões em orçamento em linhas destinadas a Santas Casas e Hospitais Filantrópicos que prestam serviço ao SUS, para reestruturação de dívidas e novos recursos;

Taxa de juros de 0,80% a.m. para prazos de até 60 meses (redução de 14%);

Taxa de juros de 0,87% a.m. para prazos de até 120 meses (redução de 23%);

Prazo de pagamento de até 120 meses e carência de até seis meses;

Atendimento aos clientes:

Para minimizar os riscos de contaminação e exposição dos nossos clientes ao vírus COVID-19, a CAIXA recomenda a utilização dos canais digitais como Internet Banking, App CAIXA e terminais de autoatendimento.

Fonte: Caixa Econnomica Federal Foto:Pixabay

 

Veja Empreendedor!

Coronavírus : Como driblar as barreira e continuar vendendo

Detalhe

Pausa vale para prestações de habitação e operações de crédito a pessoas físicas e jurídicas

Leia mais

Detalhe

Leia....

Divórcio, por onde começar?

Divórcio, por onde começar?

Na coluna Jurídica!

Assim, venho aqui lhe esclarecer algumas informações básicas e gerais sobre o caso.

Leia mais

Na coluna Jurídica!

Tags da postagem

juros Geral economia Caixa Economica Federal Habitaoeste brasil Quilombo 25 de março de 2020 Pausa em financiamento habitacional Pacote benefícios Covid19 Finaciamento habitacional