Ex-jogador da Chapecoense passa mal e morre em treinamento

Danilinho tinha 32 anos e estava atuando no Juazeirense/BA.

Cadastrado em 14/02/2018 08:48

Notícia por Quilombo Mais

Ex-jogador da Chapecoense passa mal e morre em treinamento

O ex-jogador da Chapecoense Danilo Caçador, de 32 anos, conhecido como ‘Danilinho’, morreu após um mal súbito na tarde desta terça-feira (13).  O meio-campista estava em um treinamento da equipe quando passou mal e foi levado ao hospital, porém acabou falecendo.

A assessoria de imprensa da Sociedade Desportiva Juazeirense informou que Danilo já havia finalizado o treino e estava agachado no gramado do estádio Paulo Coelho, quando teve um mal súbito e caiu, por volta das 16h55min. O jogador foi encaminhado ao Hospital Memorial de Petrolina (PE), onde deu entrada às 17h05min ainda com vida, porém acabou indo a óbito por volta das 17h30. “A equipe de emergência do hospital fez todos os procedimentos de urgência, o atleta chegou a ser reanimado, mas não resistiu a parada cardíaca e veio a óbito”, informou a assessoria do clube.

A equipe médica não divulgou oficialmente a causa da morte. Segundo a assessoria da equipe, o jogador teria tido uma arritmia seguida de parada cardíaca.

 

“Estamos prestando todo o apoio à família do atleta e o clube fará todos os procedimentos necessários. É um momento de dor para toda a família Juazeirense”, ressalta o presidente do clube,  Roberto Carlos.

TRAJETÓRIA 

Danilo foi revelado nas categorias de base do América de São José do Rio Preto. Tinha como características a velocidade, o drible, a precisão do chute e o passe. Foi contratado pela Juazeirense em novembro de 2017. Era natural de Bauru/SP e atuou em grandes clubes como Chapecoense, Figueirense, Atlético Goianiense, Cuiabá, Itumbiara e Icasa, entre outros. No ano passado, jogou a Série C pelo Remo. Ele era casado e deixa um filho de 10 anos.

 

(Foto: Aguante Comunicação / Chapecoense)

Em Santa Catarina, Danilinho atuou em 2013. Jogou em cinco partidas pelo Figueirense e se transferiu para a Chapecoense, onde atuou em 13 partidas.

Em seu perfil oficial no Twitter, a Chapecoense se manifestou em solidariedade a família do ex-chapecoense.

Fonte:ClicRDC

 


Tags da postagem

Bahia Aproveitamento de Bens Materiais Danilinho 13 de fevereiro de 2018

Comentários

Para comentar, acesse com seu Passaporte Archipèlagus validado.

Acessar